Domingo, 16 de Junho de 2024
23°C 30°C
Macau, RN
Publicidade

Popó destrói Bambam em combate no Fight Music Show 4

Em apenas 36 segundos, Acelino Popó Freitas demonstra sua superioridade no ringue com um nocaute espetacular contra Kleber Bambam

26/02/2024 às 15h05
Por: adrovando Fonte: Relata Bahia
Compartilhe:
Popó nocauteia Bambam em apenas 36 segundos no FMS 4 — Foto: Mariana Lima/FMS
Popó nocauteia Bambam em apenas 36 segundos no FMS 4 — Foto: Mariana Lima/FMS

Por: Bruno Cordeiro

Em uma noite de sábado eletrizante, Acelino "Popó" Freitas fez jus à sua reputação como um dos maiores pugilistas do Brasil, conquistando uma vitória arrasadora sobre Kleber Bambam no Fight Music Show 4. O confronto, marcado por uma intensa troca de provocações pré-luta, culminou com Popó precisando de meros 36 segundos para finalizar a luta com um nocaute fulminante.

O evento, que aconteceu em São Paulo, viu Bambam entrar no ringue com uma performance teatral, ostentando uma coroa e segurando um crucifixo, em uma caminhada lenta e calculada. Popó, por outro lado, manteve-se focado e imperturbável, entrando no ringue com uma seriedade impenetrável, lembrando a todos de seu legado ao exibir seus cinturões conquistados ao longo de uma carreira brilhante.

Este combate marcou a quarta participação de Popó no Fight Music Show, tendo enfrentado anteriormente Whindersson Nunes, com quem empatou, e obtido vitórias convincentes sobre Pelé Landy e Junior Dublê em edições anteriores do evento.

A luta entre Popó e Bambam foi decidida quase que instantaneamente. Bambam, apesar de iniciar o combate com energia, rapidamente se viu dominado pela calma, experiência e poder de Popó. Um primeiro soco do veterano derrubou Bambam, que daí em diante mal conseguia se defender dos ataques rápidos e precisos de Popó. A sequência devastadora de golpes levou Bambam a cair, incapaz de continuar, selando a vitória de Popó de forma dramática e enfática.

A vitória de Popó não só reafirmou seu status como uma lenda do boxe brasileiro, mas também acrescentou mais um capítulo emocionante à sua já impressionante carreira. Com um cartel de 41 vitórias, 34 delas por nocaute, e apenas duas derrotas, Popó permanece um ícone do esporte, tendo sido campeão mundial dos super-penas da WBO e WBA, além do peso-leve da WBO. Aos 48 anos, Popó continua a demonstrar que sua técnica, força e espírito competitivo estão tão afiados quanto sempre estiveram, solidificando seu legado no mundo do boxe.

Lenium - Criar site de notícias